• A história do futebol alagoano se mistura com a voz de um grande radialista.

Na estreia de Cleiton Xavier CRB empate no Rei Pelé

CRB 1 x 1 Brasil de Pelotas – Resultado caiu melhor para o time gaúcho na Série B

O resultado deixou o time alagoano com sete pontos, em 17.º lugar, abrindo a zona de rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Maceió, AL, 2 (AFI) – Se não deu para o CRB se reabilitar, pelo menos, desta vez não perdeu no estádio Rei Pelé. Nesta tarde empatou por 1 a 1 com o Brasil de Pelotas, em jogo válido pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

 

O resultado deixou o time alagoano com sete pontos, em 17.º lugar, abrindo a zona de rebaixamento. Com nove pontos, o time gaúcho fica um pouco acima da tabela, ainda preocupado com a ‘turma de baixo’.

 

O CRB entrou em campo pressionado por duas derrotas seguidas – 4 a 0 para o Avaí, em casa, e 2 a 0 diante do Guarani, em Campinas. De outro lado, o Brasil estava animado após a vitória sobre o Londrina, por 3 a 0.

RITMO LENTO
O jogo começou num ritmo muito lento, só de toques laterais, sem velocidade, sem infiltrações e sem finalizações. Mas na primeira vez que chegou com força ao ataque, o visitante abriu o placar. Lourency, sem marcação, arriscou o chute forte de longe e João Carlos rebateu. A defesa saiu jogando errado e a bola sobrou para o chute de Lourency, de novo agora sem chances de defesa.

O gol irritou a torcida que começou a vaiar o time e, especial, a jogador Diego Rosa. Por ironia ele empatou aos 38 minutos. Depois do levantamento do estreante Cleiton Xavier, na pequena área Rosa desviou de leve com a cabeça. A bola ainda resvalou no zagueiro Rafael Dumas e tirou o goleiro Marcelo Pitol da jogada. Tudo igual.

 

VAIAS E SURPRESA
Mas a torcida vaiou o CRB na descida para os vestiários. Na volta, o técnico Júnior Rocha fez uma troca no ataque: tirou Willians Santana apara a entrada de Bruno Paulo. Só que o time gaúcho surpreendeu com pressão no ataque.

 

Aos três minutos, após escanteio, Éder Sciola cabeceou à queima roupa e João Carlos fez grande defesa ao espalmar por cima do travessão.

Mas esta pressão foi apenas superficial, porque logo o time gaúcho recuou e passou a atuar somente no campo defensivo.

O CRB teve mais posse de bola e tentou ir mais ao ataque, inclusive com Cleiton Xavier participando bem das jogadas.

DUAS CHANCES
Aos 24 minutos, ele arriscou de fora da área e o chute cruzado passou perto da trave esquerda, levando susto. Xavier foi substituído aos 29 minutos por Leilson e saiu bastante aplaudido.

Aos 33 minutos, Neto Baiano cobrou falta, a bola desviou na barreira e saiu mascada para escanteio deixando o grito de gol na garganta da torcida. Mesmo cansado, o CRB não desistiu e o Brasil optou por ficar atrás para garantir o importante ponto fora de casa.

JOGOS FORA
A nona rodada vai ser toda realizada na terça-feira à noite. O CRB vai até o Paraná para enfrentar o Curitiba, a partir das 19h15, enquanto o Brasil vai pegar o Oeste, na Arena Barueri, às 21h30.

FICHA TÉCNICA

Fase

Única
Rodada

8ª rodada
Data

02/06/2018
Horário

16h30
Local

Rei Pelé – Belém (PA)
Árbitro

Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Renda

R$ 30.796,00
Assistentes

Leone Carvalho Rocha (GO) e Edson Antonio de Sousa (GO)

Público

4.305 torcedores
Cartões Amarelos

CRB-AL: Lucas, Neto Baiano
Brasil-RS: Itaqui, Rafael Vitor, Valdemir

Gols

CRB-AL: Diego Rosa 38′ 1T
Brasil-RS: Lourency 30′ 1T
CRB-AL

João Carlos;
Edson Ratinho, Everton Sena, Anderson Conceição e Diego;
Lucas, Tinga, Cleiton Xavier (Leilson) e Diego Rosa (Mazola);
Neto Baiano e Willians Santana (Bruno Paulo).
Técnico: Júnior Rocha
Brasil-RS

Marcelo Pitol;
Éder Sciola, Leandro Camilo, Rafael Dumas (Rafael Vitor) e Bruno Collaço (Kaio);
Leandro Leite, Itaqui e Toty;
Calyson (Valdemir), Lourency e Luiz Eduardo
Técnico: Clemer

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

/// FACEBOOK