Transmissão ao vivo da 94,5

CSA vence a terceira seguira na série B

  • Azulão mostra força

    O CSA emplacou a terceira vitória seguida na Série B. Saiu do Z-4 no último sábado e aumentou a distância nesta terça. Tudo em grande estilo. O Azulão foi ao Barradão, em Salvador, e bateu o Vitória por 1 a 0, gol do atacante Paulo Sérgio. Mandante de respeito no Brasileiro, o Leão apertou no segundo tempo, mas não passou pela marcação. Ficou nos 17 pontos.

    Melhores momentos: Vitória 0 x 1 CSA, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro

    Melhores momentos: Vitória 0 x 1 CSA, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro

  • Como fica?

    O CSA chegou a 13 pontos e está agora na 13ª colocação da Série B. Com 17, o Vitória caiu para o sétimo lugar e perdeu também a chance de chegar ao G-4.

    Paulo Sérgio faz o gol da vitória do CSA

    Paulo Sérgio faz o gol da vitória do CSA (Foto: Reprodução Premiere)

  • Artilheiro decide

    Paulo Sérgio, de 31 anos, marcou pela segunda vez consecutiva pelo CSA. Ex-ABC, ele foi contratado neste mês e logo tomou conta da posição na nova equipe. Chegou também ao 16º gol na temporada e briga com os principais artilheiros do país.

    Gol do CSA! Paulo Sérgio recebe na área, passa pelo goleiro e marca, aos 12' do 1T

    Gol do CSA! Paulo Sérgio recebe na área, passa pelo goleiro e marca, aos 12′ do 1T

  • A próxima

    O Vitória visita o Operário-PR pela 13ª rodada da Série B. Sexta, o jogo está marcado para as 19h15, em Ponta Grossa-PR. Sábado, o CSA enfrenta o Sampaio Corrêa, às 16h30, em São Luís-MA.

  • Central do Apito

    No fim do primeiro tempo, Ewandro marcou para o Vitória aos 43, mas não valeu. O assistente assinalou impedimento. Na Central do Apito, Nadine Basttos disse que ele acertou: “Esse lance a gente pode observar que a dúvida é se teria tocado no Lucas Cândido e aí, sim, o Ewandro estaria impedido. Ele [o assistente] precisava da confirmação do árbitro, porque estava na dúvida. A gente viu na imagem que tocou, então o impedimento foi bem marcado”.

    Ewandro manda para o gol, mas auxiliar marca impedimento, aos 43' do 1T

    Ewandro manda para o gol, mas auxiliar marca impedimento, aos 43′ do 1T

  • Primeiro tempo

    O CSA foi melhor que o Vitória. Entrou mais ligado na partida, fechou espaços e contra-atacou com muita eficiência. Assim, saiu o primeiro gol, aos 12 minutos. Yago colocou Paulo Sérgio na cara do gol. Ele ganhou a primeira disputa com o goleiro Ronaldo, posicionou o corpo e depois bateu colocado.

    O Vitória chegou na sequência, com Alisson Farias, que finalizou fraco. Depois, Paulo Sérgio quase ampliou de cabeça para o CSA, e Pimpão surpreendeu o goleiro do Leão com um chute de longe. Ronaldo espalmou.

    Aos 44, Ewandro balançou a rede do CSA, mas, antes da conclusão, Lucas Cândido estava impedido e o assistente marcou. Não valeu a jogada.

    Rodrigo Pimpão avança pela direita e bate para o gol com perigo, aos 38' do 1T

    Rodrigo Pimpão avança pela direita e bate para o gol com perigo, aos 38′ do 1T

  • Segundo tempo

    O Vitória mudou o ritmo. Foi mais intenso no início da etapa final. Carleto bateu falta e, de cabeça, João Victor, tirou do goleiro Matheus Mendes. Luciano Castán salvou o CSA quase em cima da linha, aos quatro minutos. Depois, Carletto ameaçou numa cobrança direta de falta. Fernando Netto também quase empatou, aos 13.

    O CSA recuou, se segurou, mas ainda deu duas estocadas, com Paulo Sérgio e Pedro Júnior. No fim, o Vitória foi para abafa, mas não furou o bloqueio do time alagoano.

    João Victor cabeceia para o gol e Castán tira na linha, aos 4' do 2T

    João Victor cabeceia para o gol e Castán tira na linha, aos 4′ do 2T

    comgloboesporteal

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

/// FACEBOOK