Transmissão ao vivo da 94,5

CSA perde a segunda seguida na Série B

 

Melhor visitante da Série B, a Chapecoense voltou a vencer fora de casa e disparou na liderança. Em jogo da 21ª rodada, contra o CSA, no Rei Pelé, o Verdão do Oeste repetiu a fórmula que vem dando certo na Segundona: segurança defensiva e aproveitamento das chances na frente. Sem correr riscos, os catarinenses converteram uma das poucas oportunidades que tiveram em todo o jogo, logo no início do segundo tempo, com Anselmo Ramon.

Melhores momentos de CSA 0 x 1 Chapecoense, pela 21ª rodada da Série B

Melhores momentos de CSA 0 x 1 Chapecoense, pela 21ª rodada da Série B

  • Sequência

    Os dois times terão um longo tempo antes da próxima partida. A Chapecoense volta a entrar em campo no dia 20 de novembro, sexta-feira, às 19h15 (de Brasília), contra o Sampaio Corrêa, fora de casa. Um dia depois, o CSA visita o Cuiabá, às 19h, na Arena Pantanal. As duas partidas são pela 22ª rodada da Série B.

  • Segue a líder

    Com a vitória, a Chapecoense chega aos 44 pontos e se isola ainda mais na liderança. A diferença para o América-MG, segundo colocado, mas que ainda não jogou na rodada, é de oito pontos. A derrota manteve o CSA com 28 pontos, na oitava colocação.

  • Primeiro tempo

    O CSA repetiu a estratégia que usou na Arena Condá, há duas semanas: marcação alta, com pressão, que dificultou a inicialização das jogadas da Chapecoense. Com mais posse, os alagoanos aproveitaram para trabalhar a bola no campo ofensivo, mas sem levar muito perigo. Na melhor chance, aos 13 minutos, Pimpão arriscou da entrada da área e mandou perto. Os visitantes pouco ameaçaram também, foram 35 minutos até criar uma boa oportunidade, mas Anselmo Ramon chutou em cima do goleiro. O empate em 0 a 0 foi justo pelo desempenho das duas equipes.

  • Segundo tempo

    A Chapecoense voltou com mudança no posicionamento ofensivo, com Alan Ruschel pela esquerda e Paulinho Moccelin centralizado, junto com Anselmo Ramon. Deu certo. Aos sete minutos, Moccelin deu belo passe para Anselmo Ramon, que saiu na cara do goleiro Matheus Mendes e não desperdiçou. O CSA respondeu rápido. Aos 11, Geovane chutou de fora da área e obrigou João Ricardo a trabalhar. Mozart tentou melhorar o setor ofensivo, mas a Chape conseguiu controlar as ações dos alagoanos. Fim de jogo: CSA 0 x 1 Chapecoense.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

/// FACEBOOK