• A história do futebol alagoano se mistura com a voz de um grande radialista.

CSA está na Série B e Recorde de público em 2017

Torcida do CSA lota Trapichão e bate recorde de público de 2017 em Alagoas

Mais de 19 mil pessoas assistem ao jogo no Rei Pelé. CSA garante o acesso à Série B depois de bater o Tombense, em Maceió, por 1 a 0, no segundo jogo das quartas de final


Por Viviane Leão, Maceió

 

Mota comemora o acesso com a torcida do CSA (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)Mota comemora o acesso com a torcida do CSA (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

Mota comemora o acesso com a torcida do CSA (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

Em Maceió, a segunda-feira foi azul e branco. Pelas ruas, bandeiras, faixas, e um alagoano vestindo a camisa do CSA em cada canto da cidade. Também pudera, era o dia em que o time disputava o acesso à Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. E nem mesmo o horário do jogo (20h30), bem no início da semana, impediu o torcedor de marcar prenseça na partida mais importante para o clube em anos. O jogo contra o Tombense foi válido pelas quartas de final da Série C e bateu recorde de público do ano em Alagoas: 19.105 presentes, sendo 16.893 pagantes. A renda do jogão foi fechada em R$ 509.626,00.

+ Dá um play no vídeo e veja a festa da torcida!

Torcida do CSA faz festa no Trapichão

Torcida do CSA faz festa no Trapichão

Vale lembrar que a equipe azulina não sabia o que era disputar uma Série B há mais de 25 anos, então, os torcedores foram com a expectativa muito alta para essa partida, principalmente depois de o time ter vencido o primeiro jogo contra os mineiros por 2 a 0, em Tombos. A ansiedade era tão grande que a torcida fez fila para entrar no estádio com horas de antecedência.

 

Loucura, loucura, loucura

 

Antes de o jogo começar a festa já estava rolando. O Trapichão fervilhava com as cantorias dos azulinos muito antes de o time entrar em campo. Um verdadeiro mar de gente.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

/// FACEBOOK